Cavalgar é um esporte que, além dos benefícios físicos e emocionais, proporciona inegável sociabilidade.

Naturalmente a gente vai conhecendo outras pessoas que curtem cavalos e cavalgar, pessoas que sentem prazer em jogar conversa fora e faz seu próprio tempo uma conversa sem fim.

 

 

Os efeitos funcionais do passo do cavalo sobre o peristaltismo, a circulação e a respiração são excelentes. Cavalgar é uma técnica educativa e terapêutica, que trabalha simultaneamente aspecto físicos, sociais, mentais e emocionais de quem pratica. Isso, graças ao passo tridimensional do cavalo, que nos obriga a movimentos de sincronia perfeita de todo o corpo. Você sabia que a marcha do cavalo apresenta 90% de similaridade com o andar do ser humano?

 

Uma hora de cavalgada queima cerca de 400 calorias. Em meia hora de cavalgada, o nosso corpo realiza de 1.800 a 2.200 deslocamentos, movimentos tridimensionais (horizontais: direita, esquerda; frente, atrás; e verticais: para cima e para baixo) que incidem no sistema nervoso, reforçando as noções de equilíbrio, distância e lateralidade.

 

Cavalgar e um esporte de baixo impacto nas articulações e na coluna, fortalece o tônus muscular, beneficia a postura e a coordenação motora e combate o estresse.

 

Ao cavalgar, nós somos invadidos por um mar de endorfinas, substâncias fabricadas na hipófise, que produzem euforia, relax, bem-estar e prazer. Melhora a memória, o humor e o sistema imunológico. Aumenta a resistência, a disposição física e mental. Ameniza dores e possui efeito antienvelhecimento, pois remove superóxidos.

 

 

Outra coisa indescritível é a redescoberta do prazer de gargalhar por qualquer coisa, de causos bobos e ate mesmo da gente quando estamos cavalgando. Tudo é motivo para rir.

 

Ha unanimidade entre estudiosos que cavalgar produz sensação de independência, aumento da autoconfiança, do autocontrole e da autoestima. .

 

E que em cima de um cavalo a sensação de liberdade é ilimitada. .

 

Em Serrinha não é diferente. Sempre no início de setembro, a cidade torna-se a capital dos vaqueiros, cavaleiros e amazonas da região que saem em cortejo do Parque Maria do Carmo pelas principais ruas da cidade.

 

Em sua 49ª edição, em 07 de setembro de 2017, a Cavalgada da Vaquejada Parque Maria do Carmo em Serrinha reúne cerca de 10.000 vaqueiros, cavaleiros e amazonas e traz o resgate da cultura nordestina e muita festa para a região.

 

É nesse clima de alegria e paz que a Cavalgada e a Missa do Vaqueiro abençoam e marcam o inicio desse tradicional evento.

 

Dicas de Segurança.

  • Deve-se evitar passeios por trilhas escorregadias .
  • Risco de coice entre os animais pode ser perigoso. .
  • Podem acontecer mordidas, caso não esteja atento. .
  • Deixe o animal se hidratar durante o percurso.
  • Hidrate-se também durante o percurso. Beba muita água.
  • Os arreios deverão estar em perfeito estado de conservação. .
  • Atenção para não prender os pés nos estribos.
  • As barrigueiras e os estribos deverão ser reajustados com o cavaleiro já montado, garantindo-se que estejam suficientemente firmes.